Translate

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Deus Não é um Privilegio Seu


Sabe por que você fica revoltado ou triste alguém julga teu relacionamento com Deus? Porque aquela pessoa não conhece a tua alma, nem o teu coração, ela não sabe o que tem na tua mente. Só conseguimos nos perguntar: qual  direito ou poder ela tem para me desmerecer diante de Deus?

Mas isso não é uma atitude nova na sociedade, nem dentro da igreja.   No livro de Atos dos Apóstolos capitulo 10 e 11 temos um relato exatamente sobre isso; houve discussão entre os discípulos e o apostolo  Pedro, pois no entender deles todo aquele que não era israelita também não era digno diante de Deus e Deus revela a Pedro que não faz diferença entre um povo e outro "mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o  teme e faz o que é justo".

Parece que todo mundo já sabe disso hoje, mas na pratica não é bem assim. Desrespeitar outra pessoa porque ela não age conforme o teu julgo, ou  desmerecer a igreja ou a doutrina de outra pessoa é ir contra o desejo de DEUS, por isso é importante ler a bíblia, para que possamos meditar na nossa conduta e avaliar se estamos sendo agradáveis a Deus. 

O papel do cristão neste mundo é levar as pessoas a conhecerem Jesus; julgar é papel de Deus, por tanto sejamos praticantes da vontade DELE, pois bem sabemos que temos um inimigo espiritual conhecido também como acusador, em diversos trechos bíblicos (pesquisa aí no google), o diabo esta se prestando a esse papel, tendo inclusive a ousadia de acusar a Deus diante de Jó afim de que este se virasse contra o Senhor. Então, por qual motivo eu e você seriamos imitadores de um ser que desprezamos? Já existem muitos inimigos para  cristão, não podemos cultivar entre nós esse espirito de superioridade disfarçado de julgamentos acompanhado de criticas e acusações as outras pessoas seja por qual for motivo. 

Muita vezes esquecemos que para Deus não importa o que vemos, achamos, ou pensamos a respeito do outro uma vez que somente ELE tem o poder  saber o que se passa no coração, na mente ou o que tem na alma de um individuo; quem somos nós para julgar se alguém é nascido do espirito, quem somos nós para dizer quem é digno de Cristo ou não? Como bem disse o apostolo Pedro " Quem sou eu para me opor a Deus?"

"Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.
O que come, não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.
Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio Senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.
Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.
Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.
Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si.
Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor.

Romanos 14:2-8