Translate

quinta-feira, 7 de maio de 2015

A Chapinha Perfeita



Quem nunca se rendeu a passar chapinha nas madeixas para alisar, enrolar ou só para modelar as pontas?  Mas a perfeição do resultado não está na marca do aparelho e sim em uma serie de cuidados pré e pós prancha.

A chapinha já faz parte da rotina de muitas mulheres por ser pratica e de resultado instantâneo. O alerta para todas nós é sobre o efeito do uso dela nos cabelos: o liso tem pouca duração, mas os danos não! Como usa a prancha sem estragar os fios? Sou perita nisso, já usei muita chapinha nos fios do meu cabelo, hoje nem tanto.❥ 

EDT 04.05.2018

No geral passamos a chapinha nos cabelos para selar os fios, deixando eles alinhados, o problema é que isso gera um ciclo vicioso. Você lava o cabelo, sela com a chapinha e aparentemente fica lindo, mas quando chega a próxima lavagem as pontas estão mais eriçadas, daí você passa a chapinha de novo e assim vai até o cabelo não aguenta mais e começar a dar sinais de ressecamento e quebra.

Passar chapinha maquia momentaneamente o estado real do seu cabelo, entre tanto, o uso abusivo causa danos permanentes. Isso vale para secador, difusor, babyliss, e qualquer fonte de calor direta nos fios, inclusive água quente.

Minha dica para vocês é:

Esteja com os cabelos limpos. Por que não passar chapinha no cabelo sujo? 

A oleosidade produzida naturalmente pelo cabelo aderindo a poluição, poeira e sujeiras do dia a dia em contato com o calor vai danifica a estrutura dos fios e ainda vão deixa-los com o aspecto de sujo mais evidenciado. Por isso o indicado é cabelos limpos.

Cronograma capilar nesse cabelo! Seguir um tratamento antes de chapar é importante para repor nutrientes perdidos por fatores mecânicos (sol, vento, água quente, calor etc), ou químicos (selagens, escova progressivas, descoloração, tinturas etc).
O ato de aquecer os fios tira a umidade do cabelo potencializando os danos naturais deixando-os fracos, sem brilho, com pontas duplas, ressecados, com frizz. Esses danos  já conhecemos bem e é preciso cuidar da cabeleira para reparar ou prevenir-los.

Tenha um protetor térmico e creme de pentear, se você for  do tipo viciada em cabelos chapados, então não precisa de um protetor, você precisa de um protetor excelente

Evite parar a chapinha nos fios, pois além de marcar os cabelos, o calor vai “queimar” a fibra capilar, fazendo com que os seus cabelos fiquem mais fracos e comecem a quebrar. Estes fios rompidos passam a ficar arrepiados, causando mais frizz. Passe a prancha suavemente nos fios separados em mechas finas por até 3 vezes.
Tenha um óleo reparador de pontas para usar pós chapinha. Ele doa brilho e abaixa o frizz melhorando o aspecto do cabelo.

Cabelos saudáveis são um conjunto de medidas que tomamos, não basta fazer uma isolada. 

Passo a Passo:
  • Lave os cabelos;
  • Trate com hidratação, nutrição ou reconstrução;
  • Use creme de pentear E principalmente protetor térmico;
  • Você já vai fazer chapinha, pra que passar duas fontes de calor no mesmo dia não, é mesmo? Se possível deixe seu cabelo secar naturalmente. (Pelor amorD! não passem chapinha com cabelo molhado, ou úmido você vai fritar seu cabelo, além de correr risco de pegar um choque mortal).
  • Passe Óleo reparador depois de escovar, pranchar ou usar babyliss.
Se você poder fazer o esforço de não usar chapinha ou fonte de calor mais de uma vez por semana, seu cabelo agradece! sabe, faz chapinha hoje, amanhã passa de novo pra modelar as pontas ou alisar a raiz? Tenha zelo pelo seu cabelo, procure maneiras de prende-lo sem marcar tanto ao ponto de precisar chapar novamente pra tirar a marca. faça uma chapinha bem feita e zele pra mante-la sem retoques. 

Na próxima lavagem faz um tratamento no seu cabelo novamente e deixe natural depois faz uma trança, um coque despojado, rabo de cavalo, qualquer penteado que te deixe satisfeita.

Nem você e nem ninguém vai passar mal por ti ver sem cabelo chapado.

Siga essas dicas simples e suas madeixas terão resultados ótimos.

Beijinhos!