Translate

quarta-feira, 11 de março de 2015

O Desafio de Amar - 1º Dia

Deus projetou e criou o casamento, a vida a dois, para ser algo bom. É um presente lindo e inestimável. O casamento é para nos ajudar a acabar com a solidão, multiplicar nossa eficiência, construir famílias, criar filhos, curtir a vida e nos trazer felicidade com o relacionamento íntimo. Mas além disso, o casamento também nos mostra a necessidade de crescer e de lidar com nossas próprias dificuldades. Esta poderosa união lhe mostra o caminho para amar incondicionalmente outra pessoa imperfeita. Isto é maravilhoso. É difícil. É uma mudança de vida. 





Hoje dou inicio a serie "O desafio de amar" não é um processo para tentar fazer do seu cônjuge a pessoa que você quer que ele seja. Se você  tentou fazer isso com certeza já descobriu que o esforço em tentar mudar seu namorado, marido o sua esposa acabou em fracasso e frustração. Pelo contrário, esta é uma jornada de exploração e demonstração genuína de amor. A verdade é que o amor é uma decisão e não apenas um sentimento. Ele não busca os seus próprios interesses, é sofredor e transformador. E quando o amor é demonstrado verdadeiramente, como foi planejado para ser, o seu relacionamento tem grandes chances de mudar para melhor. Se você está solteiro(a) e quiser seguir os posts desse desafio, parabéns, quando estiver em um relacionamento conjugal, com certeza evitará diversas situações destrutivas para o amor.

Desafio 1

"Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor" Efésios 4:2
O primeiro desafio é decida demonstrar paciência e de modo algum diga algo negativo para o seu companheiro(a). Durante o dia passamos por diversas situações que nos levam a tomar atitudes erradas, expressando palavras mal colocadas. Você vai fugir disso, não coloque seu amor para baixo com palavras que você não gostaria de ouvir, é melhor colocar a língua dentro da boca antes de dizer algo que venha causar desentendimento e magoas trazendo futuros arrependimentos. Lembre que não é possível tornar o leite derramado ao copo, ou, deixar como novo um papel todo amaçado, por isso cuide do seu relacionamento.

Aconteceu alguma coisa hoje que lhe deixou com raiva do seu cônjuge? Você foi tentado a ter pensamentos condenáveis e a expressá-los com palavras? Deixe sua experiencia e como você está vencendo nos comentários. Assim, você incentivará outras pessoas a aprenderem amar.

Beijinhos