Translate

terça-feira, 10 de março de 2015

Primeiro Amor - Parte 9

Dois anos casada e o tempo não perdoou. Não tinha capacidade de fazer meu marido feliz primeiro porque como é de conhecimento eu não o amava e segundo porque brigávamos como quem respira; nossos melhores momentos eram ao lado de familiares e amigos fora isso havia um abismo de diferenças entre nós o que só me fazia pensar em todas as sequências de erros da minha vida.



Poderia ter deixado minha vida sentimental para depois dos 20 anos de idade, mas coloquei a carroça na frente dos bois e tudo desandou. Ele sempre falava de separação e eu tinha medo dessa palavra foi quando um dia esgotei e não ameacei, fiz! Voltei para a casa dos meus pais e de novo o Bruno voltou para minha vida com promessas, juras de amor e mais uma vez foram dois meses perdidos... no meio do caminho descobri mentiras do Bruno as quais foram o suficiente para que eu o deixasse sem noticias minhas. Parei de falar com ele e todos os planos e juras viraram lembranças. Eu não pedi para que o Bruno deixasse nada por mim, mas exigia verdade em tudo, o que não aconteceu. Após acompanhamento conjugal consegui levar mais dois anos de casamento adiante. 

Não que estivesse feliz, mas estava acomodada, as vezes chorava muito e busca força em Deus, mesmo sabendo que estava totalmente errada, não em atitudes, mas na alma e no pensamento eu estava carregada de tristeza, em orações pedia que Deus fizesse algo acontecer para levar minha vida desse mundo. E foi assim que fiquei vivendo no automático e em 2014 quebrei todas as regras, quebrei meu caráter e os valores que eu tomei para mim.