Translate

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Primeiro Amor - Parte 3



Foi quando uma amiga em comum  ( que pra falar a verdade percebeu antes de mim o que estava acontecendo) veio me perguntar...

 
Mila: Por que você está aqui atrás Pri?
Eu: Não dá pra sentar mais lá na frente, ontem eu disse que gostava daquele individuo...(risos envergonhados no fim)


No decorrer das aulas veio mais umas amiga, e mais outro colega, e mais uma outra e mais outro e eu já não aguentava mais dar desculpas e ouvir "Vocês terminaram? Por que você não tá lá na frente?" e eu respondendo terminar o quê, com quem? (todo mundo já zuava ele e eu) chegou um momento que ele veio e perguntou:


Ele: Por que você não foi sentar com a gente hoje?
"a gente" era ele e mais duas amigas nossas.
Eu: Ah, não tava afim. #SóPapo


E ele começou a me olhar ...e me olhar...e eu não sabia mais o que fazer até que ele pegou minha mão então, sentei ao lado dele novamente. Eu não estava entendendo nada, como que em um dia ele agi de forma indiferente e no outro mostra interesse? Dentro de mim havia uma sensação boa.
Era como da água pro vinho, ele não precisou falar, as atitudes não eram mais de um amigo...tinha algo mais. 


Como de costume fomos juntos pelo o caminho de casa e cada detalhe pra mim era um dica, um sinal, uma esperança..Mal cheguei em casa e o telefone tocou, era ele!  Caraca, até minha mãe já sabia antes de mim que aquela amizade não era só amizade ela atendeu o telefone e disse "Priscila teu namorado no telefone"  Imagine a cena..rsrs
Continua...

Pra quem perdeu os posts da historia:

Beijinhos.